Contra proposta do Estado, vereador Nelson Hossri e deputado estadual Thiago Auricchio tentam reverter venda do estádio da Mogiana para arena multiuso

Após o anúncio do governo do Estado de venda do estádio da Mogiana, o vereador Nelson Hossri (Podemos) e o deputado estadual Thiago Aurrichio (PR) elaboraram um projeto de lei substitutivo que impõe regras de concessão da área. Pela proposta dos parlamentares, caso a venda seja aprovada, o substitutivo estabelece que o espaço seja concedido e que a nova concessionária seja obrigada a instalar uma arena multiuso no local.

O projeto substitutivo foi protocolado pelo deputado estadual na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) e uma moção de apoio foi apresentada pelo vereador Nelson Hossri na Câmara Municipal de Campinas. No projeto, a concessionária deverá realizar eventos gratuitos esportivos, musicais, culturais ou religiosos, voltados à saúde, ao bem-estar e ao lazer da população.

A proposta determina ainda que a concessão de uso seja feita através de licitação, na modalidade concorrência, e que a empresa vencedora realize a construção, reforma, modernização, instalação e manutenção do espaço.

“Sou contra a venda, mas, caso seja aprovada na Alesp, que pelo menos a empresa tenha que seguir regras para evitar que Campinas perca um espaço tão importante na história do futebol da cidade”, defendeu o vereador.