Nelson Hossri

Natural de Campinas, Nelson Hossri é formado em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp) e obteve ainda título de especialista em Dependência Química pela Unifesp. Possui formação em vários cursos na área de Políticas Públicas de Prevenção às Drogas.

Antes de ser eleito vereador, Hossri sempre participou ativamente dos movimentos sociais e entidades do município. Criou o Movimento “Sou Feliz sem Drogas”, com apadrinhamento de Padre Haroldo, que permitiu o atendimento de inúmeras famílias com problemas de dependência química.

De 2012 a 2016, Hossri esteve à frente da Coordenadoria de Prevenção às Drogas de Campinas, onde idealizou e coordenou ações que se tornaram referência, como o Programa Recomeço (tratamento gratuito para dependentes do álcool e outras drogas), Pet Terapia (uso do cachorro no tratamento), a campanha “Não dê esmola, dê cidadania” (conscientização junto à população acerca dos prejuízos da atitude de dar esmola para as pessoas em situação de rua), bolsas de cursos gratuitos e a Coordenadoria Itinerante (atendimento em todas as regiões da cidade) e o Grupo de Amparo às Famílias.

Hossri se candidatou a vereador pela primeira vez em 2012 e ficou como primeiro suplente. Em 2016 se elegeu vereador com 4.335 votos.

O mandato

Em seu primeiro mandato, o vereador Nelson Hossri (Podemos) se destaca pelos projetos voltados à prevenção do uso de drogas. Com o lema “A cidade não fecha e esse vereador não dorme”, o primeiro semestre do parlamentar contou com a aprovação da Comissão Permanente de Políticas de Prevenção às Drogas, protocolada logo após a posse, dia 1° de janeiro, e do Junho Branco, que prevê ações de combate e conscientização ao uso e abuso de drogas.

Ainda durante os primeiros meses do mandato, Nelson Hossri criou projetos como a aplicação de multa para quem for flagrado fazendo uso de drogas ilícitas em espaços públicos, como praças, escolas e postos de saúde. A lei não se aplica em crianças, adolescentes e pessoas em situação de rua. A proposta é inédita no Brasil.

Ainda na linha da prevenção às drogas, o vereador protocolou o Projeto de Lei Ordinária para vedar o patrocínio ou copatrocínio de eventos em imóveis públicos da cidade por empresas ligadas a bebidas alcoólicas e/ou de cigarros.

Nelson também criou o projeto que cria o Plano Municipal de Prevenção à Corrupção. Além de estabelecer princípios e diretrizes para ampliar a transparência, fiscalização e controle social do Poder Público, a proposta autoriza a criação do Conselho Municipal de Transparência e Controle Social e do Fundo Municipal de Transparência e Controle Social, estabelecendo as regras gerais.