Inédito no Brasil, o projeto de lei de autoria do vereador Nelson Hossri (Podemos), que aplica multa administrativa para usuários de drogas em espaços públicos, vem sendo tema de debates em entidades da área e municípios do Estado. Na manhã desta quinta-feira, dia 30, Nelson participou de um encontro no CONED (Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas do Estado de São Paulo), na capital paulista.

O debate foi realizado no prédio do Cratod (Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas), no Bom Retiro, e reuniu membros da Polícia Federal, Denarc (Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico), MP-SP (Ministério Público do Estado de São Paulo), Secretaria Estadual de Justiça, Secretaria Municipal de Direitos Humanos, CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), comunidades terapêuticas, além de juízes de Direito, delegados e a população em geral.

A realização de debates faz parte do objetivo de Nelson de fazer um mandato participativo, esclarecendo dúvidas, ouvindo opiniões diversas e aproximando a população no dia a dia de trabalho. “O debate é uma nova forma de fazer política de forma inovadora. Ouvir outros órgãos traz novas ideias e potencializam as chances de um projeto inédito, como este, ser aprovado e sancionado na cidade”, defendeu o vereador.

Além da capital, Nelson já realizou uma reunião pública no Plenário da Câmara Municipal de Campinas e foi convidado para discutir o assunto no Instituto Padre Haroldo e em municípios como Piracicaba, Limeira e Santa Bárbara d’Oeste.

Nelson ainda pretende percorrer as cidades com vereadores que manifestaram interesse em protocolar o mesmo projeto de lei. “Recebi contatos de vereadores de cidades como Sumaré, Jundiaí, Tatuí, Jundiaí e Ituitaba, em Minas Gerais, que querem propor a multa administrativa também. Cada vez mais pessoas estão aderindo à ideia de resgatar espaços públicos e participar de debates esclarece os questionamentos de quem ainda quer entender mais como funciona o projeto de lei” declarou o vereador.